Ensaio sobre o futuro, pt 1

A felicidade afronta
a realidade
que as pessoas pregaram.
Onde a vida é
um caminho
pra se chegar a canto nenhum.
Onde felicidade é
água turva
onde nada.
Talvez tudo.

A alegria: onde
se transforma o feio
ao olho alheio.
Onde se bate
de cara
no finito.
(Finito: um muro
feito ilusões e alguns tijolos)

O futuro
é pregado como um círculo
onde fingimos
aceitar a vida que
não queremos,
onde fingimos
um sorriso
um rumo
e alguns filhos pra se gabar.

Somos pré fabricados
e tachados.
Somos a geração dos
desafortunados.

Vivemos no mundo onde
a felicidade foi censurada.
E as almas são vendidas
feito limonada.

Anúncios

Uma opinião sobre “Ensaio sobre o futuro, pt 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s