Alento

octopus by ~Shinne on deviantART

 

3 dias que tornei a sentir as palpitações.

Saudade.

Ternura.

Solidão.

E eu comecei a reviver o passado

das sensações que a tempos não eram mais minhas.

Tu me tinhas.

Tu ainda me tens, afinal.

 

Eu tornei a sentir saudade do calor,

que uma alma sozinha não causa.

Senti o arrepio e a vertigem.

Anseie mais uma vez a calma.

 

Eu te deixei partir

por minha desumanidade cruel.

Me tornei alheia a felicidade faz tempo.

E sem você, nunca tornei a olhar o céu.

 

 

Anúncios

4 opiniões sobre “Alento

  1. Aline, eu leio seus posts faz um tempinho e esse deve ser o meu favorito de todos! Muito bonito, mesmo. A poesia serve pra traduzir um pouco do poeta em palavras, em ritmos, e você o fez tão bem que acabou por me traduzir um pouco, também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s