Evaporar

.

 

Somos instantes finitos e breves,

sopros invisíveis na corrente do mundo.

Flocos que derretem antes de tocar o chão.

Somos a ruína da razão.

 

Mas pra si,

somos a vida,

a ilusão mais próxima da felicidade,

vivemos além dessa cidade.

 

Somos a busca por respostas sem perguntas,

e o amor que procuramos no escuro.

Os corpos que boiam no mar.

Os olhos que nunca vão se cruzar.

 

Perdemos o sentido faz tempo,

naquele dia,

pois é, aquele dia mesmo.

 

Anúncios

Uma opinião sobre “Evaporar

  1. ie, adoro crônicas e gostei bastante daqui…voce escreve muito bem!
    Estou seguindo, se quiser passar lá no tlacingqueen.wordpress.com, é bem vinda!
    bzos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s