(tem, mas tá faltando)

20130922-031759.jpg

Tudo que eu tenho feito,
parece um grande clichê sem graça.
Não estou sofrendo de amor,
estou sofrendo da falta.

Quero dar nome aos poemas.
Quero aproveitar domingos a tarde.
Cantar músicas pra um ti.
Sentir da Terra a Marte.

Posso estar desiludida,
mas eu quero arriscar.
Vou jogar na incerteza,
esse jogo chamado amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s